39 – Salt Lake City e Las Vegas

Venetian, casino temático de Veneza
Chegamos à fabulosa Las Vegas no estado de Nevada!

Nosso penúltimo dia de moto nos Estados Unidos iniciou na cidade de Logan. A temperatura não era mais o frio matinal que nos fazia sofrer nas primeiras duas ou três horas, em vez disso, um clima agradável e gostoso. Saímos em direção à cidade de Salt Lake City, que está para os mórmons, como o Vaticano está para os católicos e a partir da qual a religião se espalhou para o mundo.

Fomos visitar um templo mórmon. Achei interesante aproveitar a passagem para conhecer e aprender um pouco sobre essa religião e suas crenças. Quando cheguei ao centro de visitantes, fiz um pequeno cadastro para participar de um tour guiado. Como viajava com meu passaporte italiano e meu idioma preferencial é o português, eles me conseguiram duas guias, uma brasileira e outra italiana. O tour guiado durou em torno de quarenta minutos, nos quais conheci um pouco de suas crenças e visitei alguns lugares importantes do complexo.  Fiquei impressionado com a estrutura para receber os visitantes, mesmo não sendo mórmons.

_MG_3059-640x427

Monumento aos pioneiros Mormons

Monumento aos pioneiros mórmons

 
Obelisco representativo do milagre de aniquilação d praga de gafanhotos.

Obelisco representativo do milagre de aniquilação da praga de gafanhotos.

 
Tur guiado por uma brasileira e uma Italiana.

Tour guiado por uma brasileira e uma Italiana.

Depois de Salt Lake, tomamos a Highway 15 no sentido sul, em direção a Las Vegas. Cruzamos a fronteira do Arizona sob um calor escaldante e logo entramos em uma região de cânions muito bonita.

Arizona

Arizona

 

O Arizona foi o nono estado americano diferente que andamos de moto nesta expedição. Cruzamos Califórnia, Oregon, Washington, Alaska, Montana, Idaho, Utah, Wyoming, Arizona e depois, Nevada.

Ao final da tarde, depois de pouco mais de 500 quilômetros rodados, chegamos ao nosso destino do dia. Las Vegas nem havia se iluminado e já estavamos hospedados no hotel Stratosphere. Ele é conhecido em Las Vegas por ter uma das melhores vistas da cidade. Uma torre, com altura equivalente a um prédio de 118 andares, é a principal atração do hotel. Lá em cima há um parque de diversões, lojas e restaurante, além de mirante com visualização 360 graus da cidade. Havia me hospedado aqui na viagem de moto pelo oeste americano e gostei do lugar.

Descansamos um pouco no hotel e, lá pelas 22 horas, fomos conhecer a cidade. Na chegada, fizemos amizade com José, um mexicano, que é carregador de malas, que nos deu dicas que foram importantes para nossa passagem pela cidade.

Há um serviço de motorista que leva os hóspedes do hotel a algumas atrações da cidade. Optamos por experimentar e andamos de limousine pela cidade. Não é por nada que essa cidade tem fama mundial! Já havia me impressionado da primeira vez que estive aqui e na segunda, não foi diferente.

IMG_3071-640x427

Limozine em Las Vegas

Limozine em Las Vegas

Escolhemos alguns casinos para conhecer e explorar. Impossível querer conhecer muitos, pois são enormes e têm muitas atrações! Acabamos percorrendo um pouco do Paris, Venetian e andamos pela Las Vegas Boulevard. Uma noite é pouco tempo para aproveitar a cidade!

Fachadas dos casinos na Las Vegas Boulevard

Fachadas dos casinos na Las Vegas Boulevard

Mesas de jogo no Paris casino em Las Vegas

Mesas de jogo no Paris casino em Las Vegas

 
Casino temático em Las Vegas

Casino temático em Las Vegas

Venetian,  casino temático de Veneza

Venetian, casino temático de Veneza

Venetian,  casino temático de Veneza

Venetian, casino temático de Veneza

 
Venetian,  casino temático de Veneza

Venetian, casino temático de Veneza

Escada rolante para atravessar a rua

Escada rolante para atravessar a rua

_MG_3124-640x427  

Acabamos retornado para o hotel somente às 3h da manhã. Nosso plano para amanhã é dormir até meio dia e, à tarde, concluir o último trecho da viagem até Riverside. Serão pouco mais de 300 quilômetros de muito calor.