37 – Yellowstone

O impressionante Yellowstone National Park.

Mais uma novidade para nossa viagem. Já vimos muitos bichos diferentes nessa "trip", mas esses foram inusitados. Descíamos a Hwy 287, quando percebemos o pasto amarelo com uns animais diferentes que pareciam cavalos... Para nossa surpresa, eram... De mentira! Vai entender...

   
Cavalos estranos na Hwy 287

Cavalos estranhos na Hwy 287, deve ser uma raça nova!

Cavalos fictíciuos na Hwy 287

Cavalos fictícios na Hwy 287

Antes do meio-dia, chegamos à cidade de West Yellowstone. É a porta de entrada no parque, para mim, imortalizado no desenho animado Zé Colméia. Assistia na minha infância e me lembro de diversas atrações do parque que são retratadas nos capítulos do desenho.

Chegando à cidade, fomos ao centro de informações para montar uma estratégia de exploração do lugar, que é muito grande e possui muitas atrações. Como seriam necessários vários dias para conhecer tudo, teríamos que escolher os lugares principais.

Enquanto eu conversava com a atendente do centro de informações, o Edson conseguiu contato pela web e descobriu que precisava relizar alguns procedimentos de seu trabalho. Optamos por ir ao hotel primeiro, para ele conectar a web e resolver o problema. Enquanto isso, providenciei o almoço no Mcdonald's para nós dois. Depois do almoço, como ele ainda não havia resolvido seu problema e acabou optando por permanecer no hotel, decidi visitar algumas das atrações do Yellowstone.

O parque é enorme e andei mais de 200 km de moto durante a tarde para conhecer algumas atrações. Há passarelas de madeira para caminhar em quase todos os gêiseres, porque toda a área é cercada de lugares com atividade de erupção: ou uma espécie de gás que cheira a enxofre, água fervente ou ainda um barro borbulhante. A água forma piscinas de diversas cores, que são influenciadas pela temperatura e pelas bactérias existentes no lugar da erupção.

Comecei pelo Midway Geyser Basin. Impressionantes as fontes de água azul desse lugar!

 Fountain Paint Pots no Basin

Fountain Paint Pots no Basin

Fazia muito calor e caminhar com a calça de moto não era a melhor opção mas, mesmo sendo a única para o momento, até que não incomodou muito.

Geyser com atividade de erupção em água quente!

Geyser com atividade de erupção em água quente!

Pool Blue no Geyser Basin

Pool Blue no Geyser Basin

Com as passarelas de madeira, é possível chegar muito próximo dos gêiseres e a sensação é de estar o tempo todo caminhado em um lugar que pode explodir a qualquer momento. O cheiro de enxofre é o efeito colateral que tem que ser suportado para se visitar alguns lugares mais críticos.

Great fountain Geysers

Great fountain Geysers

Great fountain Geysers

Great fountain Geysers

Alguns dos gêiseres chegam a apresentar erupções que elevam jatos d'água a até 50 metros de altura, porém não presenciei mais do que um metro, então vou imaginar que eles estavam meio preguiçosos...

Brasileiras do Paraná que conheci no Geyser Grand Prismatic Spring

Brasileiras do Paraná que conheci no Geyser Grand Prismatic Spring

Por indicação da brasileira Swani Stadlerque reconheceu nossa bandeira na minha camiseta, acabei fazendo uma trilha para conhecer uma das mais famosas imagens do Yellowstone. O gêiser Grand Prismatic Spring, um dos mais belos. Ele pode ser visto bem de perto, mas a imagem mais bonita é quando se sobe uma colina e pode-se vê-lo por inteiro!

Grand Prismatic Srping visto da passarela de madeira

O Grand Prismatic Srping pode ser visto da passarela de madeira

Grand Prismatic Srping visto do alto da colina.

O Grand Prismatic Srping visto do alto da colina.

Que lugar bacana esse! O efeito das cores da água torna o visual único!

Pequeno geyser na trilha do Grand Prismatic Spring

Belo gêiser na trilha do Grand Prismatic Spring

Piscina azulada no Biscuit Basin

Piscina azulada no Biscuit Basin

Piscina azulada no Biscuit Basin

Piscina azulada no Biscuit Basin

Biscuit Basin

Biscuit Basin

Geyser em atividade no Biscuit Basin

Geyser em atividade no Biscuit Basin

Um lugar mais bonito que o outro. Assim passei uma tarde inteira conhecendo cada um deles. O último que visitei foi o West Thumb Geyser Basin. Esse é muito especial porque suas atrações estão muito próximas do Yellowstone Lake e as imagens dos gêiseres com o lago ao fundo ficam muito bacanas. Há gêiseres com atividade até mesmo dentro do lago!

West thumb Geyser Basin

West Thumb Geyser Basin

West thumb Geyser Basin

West Thumb Geyser Basin

West thumb Geyser Basin

West Thumb Geyser Basin

Ao final do dia, retornei para West Yellowstone e eu e o Edson fomos jantar em um restaurante típico daqui. No dia seguinte, mais Yellowstone!    

.