19 – Alaska, chegamos novamente!

Antes das 6 horas da manhã já víamos pelo retrovisor a cidade de Watson Lake. Depois de dois dias andando pouca quilometragem, hoje decidimos que rodaríamos bem mais. Algo em torno de 1.000 km.

Aproveitaríamos o fato de que o dia aqui tem muito mais tempo porque a noite dura poucas horas.
Rodovia Alaska Highway próximo a Watson Lake

Rodovia Alaska Highway próximo a Watson Lake

No início do dia as paisagens eram verdes, mas sem nenhuma novidade. Quando nos aproximamos da fronteira do Canadá com o Alaska pela Alaska Highway o cenário mudou. A estrada tem um visual muito bonito, no qual é possível avistar, seguidamente, montanhas brancas de gelo.

Visual impressionante

Visual impressionante

Paramos bastante para fotografar e as fotos parece que estão ficando muito bonitas.

_MG_0678-640x427

_MG_0695-640x427

_MG_0667-640x427

IMG_0660-640x427

Ao final da tarde, cruzamos a fronteira Alaska/Yukon, que é a mais conhecida entre os motociclistas que vêm ao Alaska. Paramos para fotografar na placa que demarca esse ponto e comemoramos o feito!

IMG_0726-640x427

Andamos mais 3h e paramos na cidade de Tok, já por volta das 22h. Nesse horário fica difícil conseguir hotel, mas acabamos arrumando vaga depois de 3 ou 4 tentativas, pela bagatela de 95 dólares! Se convertermos para reais, acaba a diversão do passeio. Melhor nem pensar!

_MG_0704-640x427

Tomamos uma cerveja e às 22h30 ainda era dia aqui! Dia longo em que rodamos 1050 km.

Amanhã seguimos rumo a Prudhoe Bay!