18 – Um problema e muita sorte

Hoje rodaríamos uns 1000 km pela programação inicial. Acordamos cedo, depois de passar a noite na cidade de Iskut. Tiramos algumas fotos de animais empalhados que havia no estabalecimento e seguimos viagem.

Moose - Eita animal grande

Moose - Eita animal grande

A primeira parada foi um lugar chamado Jade. Muitas coisas trabalhadas em pedra que são lindas e mereceriam ser levadas de presente, mas ao se converter o valor para reais, tudo fica absurdamente caro para nós.

_MG_0604-640x427

Cassiar Mountain Jade

Temos pago em torno de 130 dólares canadenses a diária dos hotéis e, mesmo quando conseguimos a pior espelunca pelo menor preço, ainda fica acima dos R$ 300,00. Não está sendo fácil equilibrar o orçamento que é de 150 dólares por dia. Temos que maneirar bastante nos gastos para poder fechar a conta final.

IMG_0574-640x427

Lá pelas 10h da manhã avistamos um lago verdinho, então saímos da estrada asfaltada e descemos em um acesso para fotografar perto do lago. Havia uma praia com areia branquinha e água transparente, onde tiramos uma foto com as rodas da minha moto dentro d'água.

Jade

Jade

Tivemos um problema na moto e precisamos buscar auxilio mecânico em Watson Lake. Acabamos sendo ajudados por alguns motociclistas mexicanos que passavam pela cidade e resolveram o problema. Nossos agradecimentos ao Poncho Rodrigues Romo, Miguel Hernandes e seus amigos que gentilmente dedicaram uma hora de seu tempo para nos ajudar.   DSCF1361-640x480 Dormiremos em Watson Lake e seguimos viagem amanhã cedo!